Um Blog de Bichinhos


Por que criar um blog falando de bichinhos? A resposta parece simples, mas deve levar em conta muitos fatores. Passo meus dias cuidando de bichinhos de estimação (estimação?), e essa convivência me tem ensinado tanta coisa, que gostaria de compartilhar com quem também tem animais em casa. Do mesmo modo, sei que também tenho muito a aprender com a experiência dos leitores. Foi então que resolvi fazer um blog de bichinhos.

O parágrafo anterior levanta duas questões. Em primeiro lugar, não gosto da expressão bichinho de estimação. Passa a impressão de algo que se adquire, que não nos envolve emocionalmente e pode ser descartado a qualquer momento. Quem convive verdadeiramente com um animal, tem uma relação de afeto infinitamente maior, chegando a ser um amor entre pais e filhos. O animal nos vê como sua família e nós também os vemos assim. São nossos filhos adotivos. Conforto, alimentação, saúde, estão em nossas mãos. Dependem inteiramente do que fizermos e como fizermos.

Bob e Pingo estão no blog de bichinhos

O ser humano habituou-se a considerar os animais como seres que convivem com ele no planeta e estão aqui para servi-lo. Nada mais falso. O chamado bicho homem também é um animal, apenas de outra espécie, que consideram ser a mais evoluída, mas tenho muitas dúvidas a esse  respeito.

Infelizmente, muita gente acha que animais não sentem frio, dor e emoções. A inteligência desses seres vai além do instinto. Eles pensam, tomam decisões, expressam seus sentimentos.  A grande diferença está na maneira como se relacionam conosco, sempre com muito amor. Fico pensando sobre o que seria da espécie humana sem as lições recebidas das outras espécies animais com quem convive aqui na Terra.  O homem já teria acabado com o planeta!

Temos muito a aprender com os nossos irmãos, chamados de animais, companheiros nessa viagem que fazemos a bordo da grande nave mãe chamada Terra!

Se você adotou um animalzinho, conte a sua história, compartilhe sua experiência e mande uma foto (máximo 600 pixels de largura) para que a publiquemos aqui.  Não esqueça de informar seu nome e cidade onde vive.

Bem-vindo a bordo!

 
663 views

Deixe uma resposta

Name and email are required. Your email address will not be published.