Pneumonia em Cães – Como Tratar – Inflamação dos Brônquios e Pulmões


A pneumonia é uma doença grave que, além dos seres humanos, também acomete nossos amigos cães. Com a chegada do inverno aumentam os riscos de contrair a doença. Embora seja fácil perceber quando algo não vai bem com nosso bichinho, o início do tratamento precisa ser rápido e depende de uma avaliação do médico-veterinário, complementada por exames de laboratório, para determinar as causas e iniciar o tratamento correto.

O que é pneumonia?

Pneumonia é uma inflamação dos brônquios e dos pulmões. Quando não há acúmulo de líquido, é chamada de pneumonite.

Causas da pneumonia

Fungos, bactérias, vírus e protozoários podem desencadear a doença. Infecções, aspiração de líquido para os pulmões, também podem causar pneumonia. As doenças causadas por fungos são consideradas as mais graves.

Sintomas da pneumonia

Dificuldade ao respirar, a língua pode ficar escura, denotando falta de oxigênio no sangue (cianose), febre, falta de apetite, prostração.

Tratamento da pneumonia

Exame para identificar o tipo de pneumonia

Uma consulta ao veterinário é fundamental para identificar a causa da pneumonia. Possivelmente serão realizadas radiografias e exames com ultra-som. Se o veterinário achar conveniente poderá retirar uma amostra do líquido dos pulmões para analisar e identificar o agente causador da pneumonia. Um teste de cultura e sensibilidade será utilizado no caso de comprovar que a pneumonia foi causada por bactérias. Somente assim poderá ser indicado o antibiótico específico, mas geralmente os veterinários iniciam o tratamento utilizando um antibiótico de largo espectro. Geralmente não é necessária a internação do animal.

Lembramos que as informações que prestamos tem por objetivo orientar o leitor, aconselhando-o a procurar o veterinário sempre que suspeitar de que algo não vai bem com o seu bichinho. Nunca dê qualquer medicamento por conta própria. Além da possibilidade de não ser o mais indicado, as dosagens e periodicidade devem ser prescritas pelo veterinário. A diferença entre o remédio e o veneno está na dosagem. Lembre sempre disso. O que cura também pode matar.

Leitura complementar:

 
988 views

Deixe uma resposta

Name and email are required. Your email address will not be published.