Perder um Bichinho de Estimação é Como Perder um Filho


É possível perder um filho sem nunca ter gerado um? Afirmo com todas as letras – e lágrimas – que sim…

Amei a Penélope desde o primeiro dia em que nossos olhares se cruzaram na pet. Por sinal, ela já estava reservada a uma outra família. Tive que levar outra calopsita pra casa, que partiu em poucos dias, pois descobri já estar doente. A solução da loja pra amenizar a dor foi oferecer aquela que eu tanto me apaixonei. Destino… Hoje ela foi embora, sem grandes explicações.

Minha companheira nos melhores e, principalmente, nos momentos mais difíceis da minha vida. Choro por não aguentar mais ver fechar os olhos quem eu tanto amo. Choro porque, como sempre dizia, a Penélope é especial, única e só não saiu da barriga. De resto, filha de alma, de amor, de Deus. Estou devastada. Coração sangrando.

Perder um filho

Não me digam que era só um passarinho. A capacidade dela de me dar amor foi infinitamente maior do que a de muito humano. Quis e tentei ser a melhor mãe do mundo. Fui até onde meus esforços permitiram. Mas ela partiu nas minhas mãos, me ouvindo cantar sua canção predileta…

Dia 21 é uma data de perdas. Primeiro minha mãe, agora ela.

Obrigada, tchuca… Não esperava viver isso agora, mas Deus quis assim. E vamos nos encontrar um dia. Seja bem recebida e saiba que você foi uma das maiores provas de que amor existe. (2006-2017) ❤️🐤

“Eu tenho tanto pra lhe falar
Mas com palavras, não sei dizer
Como é grande o meu amor por você…”

Fernanda Teixeira

 
224 views

Deixe uma resposta

Name and email are required. Your email address will not be published.