Parainfluenza Canina


parainfluenza canina - Tudo sobre bichinhos

Animais não vacinados, principalmente os que tiveram contato com outros animais em canis, podem pegar gripe. Coriza, tosse curta e repetida e espirros são os sintomas da Parainfluenza Canina.

A contaminação ocorre pelo contato direto com animais infectados. O período de incubação da Parainfluenza Canina é de  5 a 7 dias.

O vírus ataca o sistema respiratório dos cães causando tosse seca. Não há presença de catarro. O cão fica febril, sem apetite e com secreções no nariz e nos olhos, rinite e apatia.

Nick

Um dos cachorros que adotei, um pincher que passamos a chamar de Nick, ficou na nossa porta em um dia de muita chuva. Encostou a cabeça no meio fio e parecia estar próximo do fim. Tratamos de acolhê-lo e tratá-lo convenientemente. As secreções no nariz e olhos eram abundantes. Em poucos dias estava completamente curado, sendo o melhor cão de guarda que conheci. Embora pequeno, faz um barulho sem igual. Percebe movimentos antes de qualquer outro cão que vive na casa. Dorme de orelha em pé, como costumo observar.

Como evitar a Parainfluenza canina

A prevenção consiste em vacinar o animal e manter o ambiente limpo, utilizando cloreto de benzalcônio 3 vezes por semana e cloro 2 vezes por semana. Devem ser pulverizado nos pisos, paredes e mesas por onde passem os cachorros.

Além da vacinação com V8 ou V10, o animal pode receber uma proteção adicional contra a “Tosse dos Canis”, a traqueobronquite infecciosa canina, a partir do 2º mês de vida, com reforço anual. Uma vacina líquida é inserida nas narinas do animal e o protegerá contra a parainfluenza canina, o adenovirus tipo 2 e a Bordetella.

A pneumonia, uma complicação que pode ocorrer, é grave e  pode ser fatal em casos de filhotes. É importante ter um diagnóstico correto para tratar adequadamente o animal. O diagnóstico da influenza canina  é feito por meio de exames clínicos e laboratoriais.

O tratamento utiliza antibióticos e outros medicamentos. A alimentação do animal doente deve ser balanceada. O ambiente precisa estar protegido contra o frio. Tomando esses cuidados, em duas ou três semanas o cão estará livre da parainfluenza canina.

Leitura complementar: Infoescola – FAS

 
5.626 views

2 comments on “Parainfluenza Canina

  1. Boa noite estou com um filhote de rottweiler e ele está com falta de aptite febre e uma tosse seca o que devo fazer me ajuda por favor

    Responda

  2. Pingback: Guia prático de vacinação de cães e gatos - Tudo Sobre Bichinhos

Deixe uma resposta

Name and email are required. Your email address will not be published.