O que Fazer em Caso de Envenenamento por Chumbinho


Muita gente já perdeu algum animal de estimação com sintomas de envenenamento por chumbinho. Os gatos são as maiores vítimas pois gostam de sair à noite para caçar e não se intimidam com obstáculos. O veneno, mesmo colocado em locais de difícil acesso para cães e crianças, pode ser facilmente alcançado pelos ratos ou por um gato.

Esta semana perdi a Lili, uma gatinha com pouco mais de um ano que nasceu em minha casa. Era muito comilona e excelente caçadora. Acabou vítima da maldade ou da irresponsabilidade do ser humano. Lili correu para casa quando sentiu os primeiros efeitos do veneno, mas não adiantou. Morreu minutos depois.

O que é o chumbinho?

Segundo o site da Agência Nacional de Vigilância Sanitária, ANVISA,

“Chumbinho é um produto clandestino, irregularmente utilizado como raticida. Não possui registro na Anvisa, nem em nenhum outro órgão de governo. Em geral, trata-se de venenos agrícolas (agrotóxicos), de uso exclusivo na lavoura como inseticida, acaricida ou nematicida, desviado do campo para os grandes centros para serem indevidamente utilizados como raticidas.

O chumbinho, além de proibido, é ineficaz contra roedores. Devido ao seu efeito imediato, o rato morre quase instantaneamente, no local da ingestão do veneno, fazendo com que os outros animais da colônia se afastem sem se alimentar. Contra roedores há venenos específicos, sem tanta toxidade e de efeito retardado, que permite que seja levado ao ninho para atingir outros animais.

O que fazer em caso de envenenamento por chumbinho?

O que fazer em caso de envenenamento por chumbinho

Lili morreu de madrugada, em um final de semana. O socorro veterinário seria praticamente impossível ou demorado. Todos os sites que encontrei em minhas pesquisas recomendaram levar ao veterinário, como se houvesse tempo suficiente para isso. Outros, se limitaram a negar os efeitos de tratamentos alternativos, como a ingestão de leite, por exemplo. Na verdade, dependendo da quantidade de veneno ingerida e do tempo que passou entre a ingestão e o possível socorro, não há quase nada a fazer.

Optei por divulgar as orientações que encontrei no site Koisas de Bicho. Não sei se funciona, mas é melhor do que não fazer nada e aguardar a morte do animal após muito sofrimento. Água Oxigenada 10 volumes e Atroveran seriam os medicamentos indicados para os primeiros socorros, até o encaminhamento ao veterinário. Vejamos o que diz o site:

Segundo o Dr. MARCEL BENEDETI (Veterinário):

Atroveran

Atroveran

– Quando houver suspeita, dar água morna salgada ou água oxigenada 10 vol. (uma colher de sopa) que, em contato com o estômago, faz o animal vomitar.

– Em seguida, dar Atroveran (1 gota por kg de peso, de 6 em 6 horas).

O Carvão Vegetal também ajuda muito em envenenamentos (inclusive humanos), pois é absorvente. Já existe nas farmácias em comprimidos.

Mesmo sem conseguir comprovar a autoria da indicação, já incluí os produtos na farmácia de casa.

Conversei com Dr. Fábio Caputo, da AnimalVet (Iguaba Grande), que acompanha meus bichinhos, sobre a aplicação subcutânea de uma ampola de sulfato de atropina. Seria um procedimento eficaz nestes casos de envenenamento, mas deveria ser feito por veterinário para definir a dosagem apropriada.

Obs1. A atropina é um alcaloide, encontrado na planta Atropa belladonna (Wikipédia). Na fórmula do Atroveran aparece, entre outros componentes, o extrato fluido de Atropa belladonna.

O que disse o Dr. Fábio Caputo:

“O sulfato de atropina injetável é de uso veterinário e as dosagens variam de acordo com a resposta animal. É um produto forte e não deve ser usado por leigos. Até a chegada do socorro veterinário o melhor é seguir as recomendações acima, provocando o vômito e dando Atroveran. O carvão vegetal absorve as toxinas e também pode ser utilizado até a chegada do veterinário.”

FB_IMG_1449874523571

 
778 views

Deixe uma resposta

Name and email are required. Your email address will not be published.