O que Fazer Caso um Cão Solto Ataque seu Cachorro


Levar o cachorro para passear é tarefa obrigatória para quem cria animais em apartamentos. Muitos fazem isso duas ou três vezes ao dia. Para muita gente, o simples passeio, que deveria ser agradável, é momento de apreensão e tensão. E se encontrar um cão solto? Será agressivo? O que fazer caso um cão solto ataque seu cachorro?

Uma vez presenciei um Poodle sendo atacado por um Pastor, que conseguiu pular o muro da casa onde vivia e partiu direto para o ataque. Minha mulher, que passeava com o Poodle levando-o pela coleira, levou-o ao colo e conseguiu evitar um mal maior, embora sua perna (a do cachorro) tenha sido mordida e estava sangrando. Pelo menos livrou-o de uma mordida no pescoço, que poderia ser fatal. Com o barulho, o dono do cão bravio apareceu e conseguiu dominá-lo.

Colocar no colo foi a única opção para aquele momento. Agiu certo. Se houvesse uma rota de fuga, um portão aberto, seria uma segunda opção.

O que fazer caso um cão solto ataque seu cachorro

Já encontrei pela internet conselhos bem estranhos: usar gás de pimenta, soltar bombinhas, extintor de incêndio, gritar com o cachorro agressor, como se saíssemos para um passeio preparados para a guerra.  Isso não funciona. Não é prático.

Moro em casa e meus cachorros (tenho dois) não saem de casa. Permanecer no quintal não é tão desagradável assim. Há espaço para brincar, correr, tomar sol, observar o movimento na rua. Isso evita o contato com outros animais, alguns não vacinados, e o risco de contaminação por doenças, urina de ratos, pulgas e carrapatos. Antes, morando em condomínio fechado, tinha bastante espaço para levá-los a passear pelo condomínio com total segurança. O regulamento não permitia animais soltos e os de grande porte deveriam usar focinheiras. Segurança total, exceto contra as pulgas e carrapatos.

Um conselho: não use guia retrátil. Mantenha seu cão sempre ao seu lado. Assim você terá mais tempo para agir em caso de surpresas desagradáveis, como virar uma esquina e encontrar um cão solto partindo feroz em direção ao seu cachorro. Vale alertar que muitos cães se aproximam amistosamente, procurando novas amizades. Isso é saudável, embora ainda haja o risco da transmissão de doenças. Mas, a vida é cheia de riscos. Viver é arriscado. Mantenha as vacinas em dia e boa sorte!

 
955 views

Deixe uma resposta

Name and email are required. Your email address will not be published.