MALTÊS, uma Raça Cheia de Charme


O Maltês, uma raça muito antiga, é originário da ilha de Malta e foi desenvolvido para ser um cão de companhia. Não importa o estilo de vida do seu dono. O maltês adapta-se com facilidade, embora não gostem de ficar sozinhos. Preferem brincar. Impossível não se apaixonar pelo maltês, uma raça cheia de charme.

No Brasil a raça se popularizou bastante nos últimos anos. É a raça que registra o maior número de nascimentos. A pelagem do maltês é linda e sedosa. Dizem que ele não tem pelo, tem cabelo. Apesar do tamanho dos fios, não solta pelos pela casa. Para manter a beleza dos pelos é necessário escovar diariamente e dar banhos semanais. Para evitar tanto trabalho pode ser adotada a tosa estilo filhote, com pelo curto.

A fêmea tem de 21 a 23 cm de altura e o macho de 21 a 25 cm pelos padrões da raça, pesando de 3 a 4 quilos. A cor predominante é o banco, podendo ter a cor marfim na orelha e em algumas partes do corpo.

Comportamento do Maltês, uma raça cheia de charme

Maltês, uma raça cheia de charme

São cães muito dóceis, adoram gente e não estranham ninguém. Adaptam-se bem ao ambiente, convivendo bem tanto com idosos quanto com crianças. A companhia fará com que sejam mais calmos ou mais agitados, dançando conforme a música.

Embora sejam ciumentos, não são possessivos. O maltês respeita os limites que lhe são impostos. É uma raça para viver dentro de casa, ideal para apartamentos.

O maltês é muito resistente e quase não adoece. Não tem tendência a engordar demasiadamente.

A fêmea maltês cuida bem dos filhotes e tem de dois a três por ninhada. Até desmamar ela não larga os filhotinhos, que também são muito brincalhões.

Quem decidir comprar um filhotinho deve procurar um criador responsável e pedir para que o mesmo seja entregue depois de desmamado castrado e vermifugado. O maltês, assim como cães de todas as raças mais procuradas, também é vendido por pessoas cujo único objetivo é lucrar, sem se importar com a mãe, que é transformada em uma máquina de procriar, vivendo em condições precárias, magra, desnutrida e doente até a morte. Não compre cães em feiras, Pet Shops e de criadores que você não conhece. Visite o canil, peça referências. Consulte a internet em busca de informações.

 
602 views

Deixe uma resposta

Name and email are required. Your email address will not be published.