Hepatite Infecciosa Canina


Hepatite infecciosa canina pode ser evitada

A Hepatite Infecciosa Canina (HIC), também conhecida como Doença de Rubarth, é mais uma das doenças graves causadas por vírus (adenovírus canino 1 (CAV-1)) que podem ser evitadas pela vacinação dos cães. Tanto a vacina múltipla V8, quanto a V10, previnem contra ela.

Trata-se de uma enfermidade infecto-contagiosa própria dos cães e seus sintomas foram, durante muito tempo, confundidos com os da cinomose.

Transmissão da Hepatite Infecciosa Canina

Hepatite infecciosa canina, evitada pela vacinação

A transmissão da Hepatite Infecciosa Canina se dá através da boca e do nariz. Trata-se de um vírus extremamente resistente. Uma vez no organismo do hospedeiro, o vírus  da Hepatite Infecciosa Canina (agente etiológico adenovírus canino 1 (CAV-1)) se espalha por todos os tecidos.

Sintomas da Hepatite Infecciosa Canina

O quadro clínico é muito parecido como que apresentam cães acometidos por Cinomose.

Na maioria das vezes não é possível fazer um diagnóstico prévio tal a rapidez com que a doença evolui para o óbito. O animal morre antes de qualquer providência. De um modo geral ocorrem, na fase aguda, alguns “sinais clínicos como apatia, letargia, inapetência, sede intensa, anorexia, vômito, dor abdominal, diarreia com ou sem sangue, febre entre outros. Podem ocorrer também sinais neurológicos (desorientação, depressão, coma, convulsões), tais sinais são resultantes de encefalopatia hepática, hipoglicemia ou encefalite não supurativa. Sinais oftálmicos provenientes de edema corneano e uveíte anterior também podem ser observados.”  (Fonte: Ourofino)

Tratamento e cura

Tratamento de suporte com Gama-globulina quando precocemente aplicado, remédios para o fígado e vitaminas do complexo B.

A vacinação é muito importante para prevenir contra a doença. Sempre é recomendada a vacinação anual, embora a imunidade após a primeira vacinação permaneça por toda a vida do animal. Então, se o cachorro já foi vacinado uma vez, deve ter garantido a imunidade permanente.

É importante lembrar que mesmo depois de curados os animais continuam portadores do vírus da Hepatite Infecciosa Canina, eliminando-os durante muitos meses e espalhando a doença entre animais não vacinados.

 
1.268 views

One comment on “Hepatite Infecciosa Canina

  1. Pingback: Guia prático de vacinação de cães e gatos - Tudo Sobre Bichinhos

Deixe uma resposta

Name and email are required. Your email address will not be published.