Doenças Transmitidas por Carrapatos – Erliquiose, Babesiose e Febre Maculosa


Erliquiose, Babesiose e Febre Maculosa são doenças transmitidas por carrapatos e tanto podem infectar animais quanto seres humanos. Se não tratadas logo no início da infecção, podem ser fatais.

Características das principais doenças transmitidas por carrapatos

A Erliquiose é transmitida por uma bactéria, a Ehrlichia canis, cuja principal característica é destruir os glóbulos brancos do sangue.

A Babesiose é causada pelo protozoário Babesia canis, que destrói os glóbulos vermelhos.

A Febre Maculosa é causada pela bactéria Rickettsia rickettsii. Esta bactéria destrói os vasos sanguíneos e pode levar ao óbito se não for tratada logo no início da infecção.

Onde vivem os carrapatos?

doenças transmitidas por carrapatos

Os carrapatos precisam de um hospedeiro para sobreviver, pois alimentam-se de sangue. São encontrados em cavalos, bois, capivaras, cães, gatos e no ambiente. Canis, gramados, muros e telhados são esconderijos preferidos. Os carrapatos não gostam de locais muito iluminados. Os gatos, assim como os humanos, conseguem remover o parasita ao se sentirem incomodados, razão pela qual são menos infectados. Quando o carrapato encontra o hospedeiro, precisa de quatro horas até se instalar em local confortável e começar a sugar o sangue. Daí a importância de estar sempre examinando o corpo, seu e dos animais, se estiverem em área com muita incidência de carrapato.

Alguns sintomas das doenças transmitidas por carrapatos

Erliquiose – Febre, falta de apetite (já vi animais que não perderam o apetite, mesmo doentes), perda de peso, tristeza, sangramento nasal e urinário, dificuldades respiratórias. Na fase crônica o abdômen fica sensível, o baço e fígado aumentam de tamanho, o sistema imunológico comprometido.

Babesiose – Febre, icterícia, fraqueza, depressão, falta de apetite, aumento do baço, palidez nas mucosas, anemia.

Febre maculosa – Febre, dor no corpo, inapetência, dor de cabeça e desânimo, manchas na palma da mão e planta dos pés.

Tratamento das principais doenças transmitidas por carrapatos

Cada uma dessas doenças tem um tratamento específico:

A Febre maculosa merece mais atenção pois é muito grave e pode levar o paciente ao óbito se o tratamento não for iniciado imediatamente após a infecção. Pelos sinais clínicos o tratamento com tetraciclina e clorafenicol deve ser iniciado. Se os exames indicarem ausência da doença o tratamento poderá ser interrompido ou alterado, a critério do médico ou veterinário. A doença é uma zoonose e tanto acomente animais quanto seres humanos.

Erliquiose é tratada com antibióticos (doxiclina). Na fase inicial o tratamento dura 21 dias. Na fase crônica pode ser necessário ministrar o antibiótico por até 8 semanas.

Babesiose deve ser tratada com o combate ao parasita, usando piroplasmicidas (Babesicida) e medicamentos para corrigir os problemas que este parasita causou, como anemia e insuficiência renal.

Este foi um breve resumo das três principais doenças transmitidas por carrapatos, especificamente o carrapato-estrela. Sobre a febre maculosa temos artigo completo no Tudo Sobre Bichinhos. Babesiose e Erliquiose estão bem detalhadas no Tudo Sobre Cachorros. Leitura recomendada.

 
376 views

One comment on “Doenças Transmitidas por Carrapatos – Erliquiose, Babesiose e Febre Maculosa

  1. Pingback: Fipronil protege contra pulgas e carrapatos - Tudo Sobre Bichinhos

Deixe uma resposta

Name and email are required. Your email address will not be published.