Dicas para Acabar com Pulgas


Obter dicas para acabar com pulgas talvez seja a principal preocupação de quem cuida de cães e gatos. Não é tarefa fácil, já que a pulga adulta representa apenas 5% do total das pulgas que infestam o ambiente. Então, não basta acabar com as pulgas que estão no corpo do animal, mas também eliminar os outros 95% em forma de ovos, pupas e larvas.

Em outro artigo apresentamos o depoimento de quem enfrentou o mesmo problema. Desta vez vamos dar um passo-a-passo com dicas para acabar com pulgas, eficazes, testadas e comprovadas.

Pulgas são insetos sem asas

As pulgas, em geral, descem do animal para colocar os ovos no ambiente. Cada pulga adulta coloca cerca de 500 ovos durante a sua vida. As larvas gostam de lugares secos e escuros. Sofás, tapetes, cobertores, cama do cachorro ou do gato, casinha do cachorro, são alguns de seus abrigos preferidos.

Novas dicas para acabar com pulgas

As pulgas não voam, mas pulam até um metro de altura e atingem meio metro de distância. Um animal infestado pode contaminar qualquer outro que esteja próximo. Gatos habituados a frequentar a rua trazem as pulgas para dentro de casa e também são suas vítimas. Gatos conseguem retirar do corpo os carrapatos, mas com as pulgas o negócio é diferente. O tratamento de gatos também é diferente pois os remédios usados em cachorros nem sempre servem para os gatos.

Não vamos falar neste artigo das doenças que a pulga pode transmitir, principalmente a Peste Bubônica, também conhecida por Peste Negra, causada por uma bactéria. Também deixaremos a Dermatite Alérgica (DAAP) para outro artigo. Pulgas também são hospedeiras e transmissoras de vermes como o Dipylidium canino. Fica para depois.

Dicas para acabar com pulgas

1 – Banho – Dê um banho morno no seu animalzinho. O banho pode ser dado em casa e não precisa usar produto anti-pulgas. Muita gente aconselha o uso do sabonete Phebo para acabar com pulgas que estão no cachorro, mas não há comprovação científica sobre a eficácia do produto. O fato é que as pulgas se sentem incomodadas durante o banho e procuram refúgio na área do pescoço e perto do ânus. Então, ensaboe essas áreas antes de começar o banho propriamente dito. As pulgas ficam tontas, como se estivessem sonolentas, e não têm para onde correr. O uso de um pente fino durante o banho eliminará muitas delas.

2 – Medicação – Aplicação de medicamentos em pipetas na nuca (cães e gatos), que atuam contra pulgas e carrapatos, ou um medicamento mais moderno, em forma de tabletinho sabor carne (apenas para cães), com proteção garantida por 12 semanas. Custa um pouco mais, mas protege por mais tempo. As coleiras anti-pulgas podem ser utilizadas nos gatos que gostam de sair de casa. Mas cuidado: já comentei aqui que um de meus cachorros teve uma reação alérgica logo após colocar a coleira anti-pulga. Então, fique atento ao usar.

3 – Aspiração do ambiente – Use o aspirador nos lugares preferidos pelas pulgas e larvas, como sofás, tapetes, cama, cobertores. Antes de aspirar o ambiente, aspire um pouco de talco anti-pulgas. Assim, as pulgas que forem sugadas morrerão dentro do saco. Faça isso duas vezes por semana.

4 – Limpeza do ambiente – Semanalmente, passe no piso um pano úmido com um bom desinfetante utilizado em clínicas veterinárias. Existem também inseticidas que podem ser aplicados no piso uma vez por mês. Os animais domésticos devem ser retirados e mantidos afastados até que o piso esteja completamente seco. Antes de usar o inseticida, converse com o veterinário que acompanha seus bichinhos. O vinagre é o substituto preferido por muita gente. Nunca experimentei, mas dizem que o vinagre é muito eficiente para acabar com os ácaros no colchão, quando misturado com álcool em partes iguais.

Feito isso, adeus pulgas! Conte a sua experiência. Você conhece alguma dica para acabar com pulgas?

 
3.423 views

Deixe uma resposta

Name and email are required. Your email address will not be published.