Como Escolher um Bichinho de Estimação


A escolha do bichinho de estimação, um ser vivo que vai conviver conosco, não é tarefa fácil e requer muita responsabilidade. De um modo geral, as pessoas não pensam nas obrigações que passarão a ter e, mais tarde, poderão se arrepender. A menos que sejam insensíveis, assumirão o compromisso por longos anos.

Entre comprar e adotar, prefira sempre adotar. Há muitos cães e gatos abandonados, vivendo nas ruas, precisando de um lar que os acolha, oferecendo abrigo, alimentação, segurança e, principalmente, amor.

Quem adota um bichinho de estimação deve ter consciência de que será responsável por aquele ser, considerando-o parte da família, por muitos e muitos anos. Pelo menos, é assim que deveria ser. O animalzinho carece de cuidados como qualquer criança, devendo ser vacinado anualmente e bem alimentado. Não devemos esquecer que algumas espécies precisam de banhos, suplementos vitamínicos e também ficam doentes. Antes de assumir o compromisso, leve em conta que haverá aumento nas despesas, dificuldade em se ausentar por períodos longos, como finais de semana ou férias, e o peso da idade tornará seu bichinho de estimação totalmente dependente de você.

Mini pig - Bichinho de estimaçãoSe mesmo assim você insiste em seu propósito, vá em frente. Escolha aquele que mais lhe agrade.

Até porquinhos, os mini pigs, estão sendo adotados atualmente, sendo levados a passear pelas ruas, com direito a coleira. Só espero que não sejam servidos na ceia de Natal, pois chegam a viver até 30 anos.

Você pode escolher entre muitas outras espécies, como coelhos, hamsters, calopsitas, tartarugas, peixes, sem falar nos cães e gatos.

Alexandre Rossi, especialista em comportamento animal, mostra as espécies mais adequadas para ambientes pequenos.

Assista ao vídeo e decida:

 
455 views

Deixe uma resposta

Name and email are required. Your email address will not be published.