Berne e Bicheira: Qual a Diferença?


Existe diferença entre berne e bicheira?

Berne e Bicheira são larvas que parasitam animais e seres humanos, sem distinção. A larva do Berne é maior e se instala em acomodações individuais, se assim pudermos chamar. As Bicheiras ocupam espaços coletivos.

Dois tipos de mosca varejeira são os transmissores. As larvas do Berne são ovos da Dermatobia hominis. Esta mosca captura outros insetos, principalmente moscas comuns, e deposita seus ovos sobre elas. Também pode utilizar plantas do jardim com a mesma finalidade. Em contato com a pele de animais e humanos, os ovos se instalam no novo habitat e tornam-se larvas. Por sua vez, estas larvas se acomodarão na pele, penetrando-a, mas sem destruir tecido vivo mais interno. São facilmente identificadas pelo orifício que sempre permanece aberto, por onde respiram. Há caso de animais com diversos orifícios, cada um deles abrigando uma larva.

mosca varejeira, transmissora de berne e bicheira

As bicheiras eclodem a partir dos ovos da Cochliomyia hominivorax, depositados em feridas. Neste caso os tecidos internos são destruídos e as dores que o animal sofre são terríveis.  Há casos de feridas onde são encontradas centenas de larvas. Sem tratamento, o animal acaba morrendo, depois de grande sofrimento.

É necessário retirar as larvas para evitar infecções. O veterinário deverá ser chamado pois a tarefa requer profissional qualificado.  Há medicamentos que matam as larvas internamente, sem dilacerá-las,  e facilitam a posterior retirada com o uso de pinças. Animais que vivem nas ruas, mais sujeitos a ferimentos e a contraírem bicheiras, devem ser tratados com medicamentos caso não possam ser encaminhados a atendimento veterinário.

Sempre que houver um ferimento em seu animalzinho, proteja a área com UNGUENTO, já mencionado no artigo sobre Estojo de Primeiros Socorros. Além de proteger a ferida, impedindo que sejam depositados ovos, é um excelente cicatrizante.

Depois que o veterinário remover todos os invasores, o ferimento deve ser tratado com antissépticos até a completa cicatrização.

Muitas vezes encontramos cães que vivem pelas ruas sendo devorados por bicheiras, sem condições de serem encaminhados ao veterinário. Onde vivo já socorri muitos deles. Nestes casos dou dois comprimidos de Capstar misturados a um pouco de carne moída. Se for possível dou mais um no dia seguinte. É medida de emergência para aliviar o sofrimento e curar o animal.

A imagem que ilustra esta matéria foi obtida no blog Amigo do Cão Amigo, onde há também imagens de vários tipos de  larvas e de cães infectados, com berne e bicheira.

 
5.755 views

4 comments on “Berne e Bicheira: Qual a Diferença?

  1. Fiz o comentario acima sobre a diferenca da mosca varejeira e a mosca do berne so esqueci de falar mais sobre a bicheira, que os ovos da varejeira e depositado dobre a pele pois ela pousa nos animais ou pessoas, esses vermes são em grupo formando a bicheira comem a carne fazendo grateras e o berne e solitario da em local diferente espremendo ele sai e essa historia de por toucinho e bobagem por que o berno não sai. Como eu disse vivi em uma fazenda. E la vi muita coisa e via meu pai curando os bois e cavalos de muita coisa que ate um veterinario nunca vai saber curar.

    Responda

  2. Sempre solbe sobre a mosca varejeira por ovos e os bichos se multiplicam comendo toda carne e musculos da pessoa ou animal e onde vira a bicheira eles são vermes de cor amarelada. E o berne e de uma mosca parecida com a varejeira so que mais fina e põe ovos nas folhagens e se um animal ou pessoa passar ali os ovos entram na pele e so sai quando esses bernes começam a incomodar e temos que espremer pra que ele saia, o berne e diferente por que ele não da em grupo como o verme. Ele também e diferente por que a cor e mais clara e so a cabeça e um pouco escura como se tivesse cabelo. Fui criada na roça e sei decifrar…..

    Responda

  3. Para retirada do Berne existe uma forma caseira: colocar um pedaço de toucinho sobre o orifício. O berne passa para o toucinho.

    Responda

    Paulo Teixeira Reply:

    @Vanda Sirlene Lima Berg, Boa dica. Já ouvi comentários positivos a esse respeito. Espero nunca ter que experimentar. rsrsrsrsrrsrsrs

    Responda

Deixe uma resposta

Name and email are required. Your email address will not be published.