Cuidados com Animais Idosos – Dra. Letícia Piccoli


Animais idosos precisam de cuidados especiais. A atenção que você deve ter com seu cão ou gato idoso, deve ser diferente da atenção que você teve com ele quando filhote e na idade adulta.

Um controle adequado na alimentação, e isso inclui determinadas suplementações vitamínicas, é um dos fatores mais importantes para aumentar a expectativa e a qualidade de vida do seu animal.

O objetivo da orientação médica veterinária, é proporcionar ao seu peludo a manutenção das articulações, tonicidade cardíaca, função renal adequada, aproveitamento de vitaminas e minerais, manutenção de peso ideal, etc, retardando alguns efeitos naturais da idade, mantendo seu filho de quatro patas, mais tempo saudável ao seu lado.

A longevidade depende de uma série de fatores; ambientais, nutricionais, genéticos, cuidados durante a vida, etc.

animais idosos

Cães e gatos de vida livre, que costumam ficar muito pelas ruas, vivem menos que os confinados devido a acidentes de trânsito, vizinhos hostis e contato com animais doentes.

Ser muito gordo ou muito magro diminui substancialmente as expectativas de vida de cães e gatos. Animais idosos, com problemas específicos em órgãos vitais como o coração, rins ou fígado, podem ter seu estado geral revigorado com o auxílio de dietas e vitaminas especiais.

De um modo geral, fêmeas vivem mais que machos. Os animais castrados superam os dois. Cães de pequeno porte, com ou sem confinamento, têm vida mais longa.

Uma vida regrada é muitas vezes prolongada. É fundamental cumprir regularmente as datas das vacinações, os cuidados sanitários, o controle de parasitas internos e externos, alimentação adequada e em horas regulares, manutenção da saúde dentária, etc.

Animais idosos precisam de exercícios regulares

Exercícios físicos periódicos não são uma exclusividade dos seres humanos, pois os animais de qualquer idade devem fazê-los, mantendo a boa circulação, firmeza muscular, facilidade de locomoção, assim como as funções fisiológicas. Os animais de mais idade também devem ter atividades para se manterem dispostos. Por outro lado, tanto cães como gatos idosos, devem ser desestimulados a pularem demais ou participarem de atividades “radicais”.

Os hábitos alimentares devem ser disciplinados, e caso eles fiquem inapetentes, deve-se procurar auxílio especializado.

Carinho e atendimento que fazem a diferença!

Clínica Veterinária Letícia Piccoli
Rua Oscar Clark, 86 – Centro – Araruama – RJ
(22)2664-7506
Dra Leticia Piccoli – CRMV/RJ 10.105

 
143 views

Deixe uma resposta

Name and email are required. Your email address will not be published.