Animais Existem para Servir ao Homem?


Chegou a hora de falar sério. Afinal, quem o bicho homem pensa que é? Por incrível que pareça, em pleno século 21 ainda há quem pense que estamos na idade média e ache que os animais existem para servir ao homem.

Disse o pastor: “Animais existem para servir ao homem!”

Animais existem para servir ao homem? Ou será o contrário?

Certo dia, conversando com um pastor de uma igreja que da qual não recordo o nome, ele afirmou, sério, que animais existem para servir ao homem, espantado com a maneira como eu tratava os gatos que haviam nascido em minha garagem. Ficou surpreso com tanto carinho, com tanta “mordomia”. E continuou: “Deus criou os animais para servir ao homem”. Mais surpreso ficou ao saber que criei galinhas, das quais apenas me servi dos ovos, e que todas morreram de velhas.

Como conversar com alguém que pensa desta maneira? O triste é saber que, pela sua posição de formador de opinião, o pastor vai colocar essas mesmas ideias, nas quais ele acredita, na mente de seus seguidores, daqueles que frequentam a sua igreja, que se tornarão agentes multiplicadores nas suas famílias, amigos e vizinhos, através das suas palavras e da sua conduta.

Claro que estamos longe da perfeição. Ainda nos alimentamos de animais diariamente. No mundo ocidental milhares de bois, porcos, coelhos, ovelhas e frangos são mortos todos os dias para nos servir de alimento. No oriente há outros hábitos alimentares, mas também os animais estão presentes no cardápio, até mesmo cães e gatos. Um dia, quem sabe, o ser humano evolua bastante e comece a pensar de outra maneira, mudando seus hábitos. Hoje, com grande parte da população passando fome, em completa miséria, seria impossível fazer com que isso acontecesse.

Luisa Mell não acha que os animais existem para servir ao homem.

Além da alimentação, animais são usados em testes de medicamentos e cosméticos. Recentemente a mídia deu destaque a este assunto, quando cães foram libertados de um desses “laboratórios de pesquisa”.

O que vemos são crianças crescendo com a ideia de que animais não sentem dor, não sentem frio, não sentem fome, não sentem sede, não têm sentimentos. Esquecem-se, ou nunca lhes disseram, que nós, seres humanos, também somos animais. Somos de outra espécie, mas somos animais. Dominamos uma tecnologia, mas isso não nos faz mais inteligentes que outras espécies.

Aos poucos uma minoria consciente vai plantando uma sementinha que poderá crescer e se multiplicar. Só se mudam conceitos arraigados através do exemplo. Talvez a Terra se torne um dia um planeta em que todos possam viver em paz e harmonia, respeitando o companheiro de jornada.

Talvez acabe a captura de pássaros silvestres, quando quase todos acabam mortos  durante o transporte e os que sobrevivem acabam em cativeiro, privados da liberdade de voar, confinados em gaiolas.

Talvez acabe o uso de matrizes, principalmente cães e gatos de raça, para reproduzir e gerar renda para seus proprietários. As fêmeas não fazem outra coisa a não ser engravidar e parir filhotes, sendo consumidas fisicamente até a morte.

Talvez acabe o furto de animais em praças e parques, bastando um simples descuido dos donos. Os animais, já encomendados, são furtados porque há quem os compre. Mais uma vez o ser humano mostrando o seu caráter.

Talvez acabe o uso de cavalos em carroças e charretes, transportando cargas e pessoas, até que fiquem velhos e doentes, quando são abandonados perto de rodovias, para morrer atropelados e causar acidentes sérios.

Talvez acabe o aluguel de cavalos, charretes e bodinhos nas praças da nossa cidade, quando os animais trabalham durante horas, sem alimentos e quase sem água, para deleite de nossas crianças e lucro de alguns.

Começo a acreditar quando dizem que o homem é a obra de Deus que não deu certo. Ou será que tudo isso faz  parte de um aprendizado?

Animais existem para servir ao homem? Muitos acreditam que sim.

O que você acha? Deixe seu comentário.

 
943 views

6 comments on “Animais Existem para Servir ao Homem?

  1. Creio que nenhum de nós nem você não pode servir como modelo de pensamentos. O pastor citou a Bíblia e bilhões de cristãos também pensam da mesma forma que ele ou se não pensam, é porque não sabem bem o que estão seguindo. Ser servido por um animal não significa maltrata-lo. Como carne mas não tenho coragem de atropelar um cachorro na rua e fico indignado quando vejo alguém açoitando um cavalo. Tomar uma passagem de Gênesis para justificar seu pensamento sobre maus-tratos com animais seria a mesma coisa que eu pensar que as pessoas que têm amor exacerbado por animais se frustraram gravemente com humanos, tendo os animais como fuga para um mundo paralelo, sem sofrimento. Ou seja, é um pensamento sem fundamento.

    Responda

  2. Quando minha filha era pequena fomos a Caxambu e fizemos um passeio de charrete o estado do cavalo era lamentavel cheguei a comentar com o charreteiro se ele estava em
    condições de carregar aquele peso…hoje jamais faria aquele passeio! dps vi uma materia de como
    judiam dos animais isso é admissível

    Responda

  3. Quando minha filha era pequena fomos a Caxambu e fizemos um passeio de charrete o estado do cavalo era lamentavel cheguei a comentar com o charreteiro se ele estava em
    condições de carregar aquele peso…hoje jamais faria aquele passeio! dps vi uma materia de como
    judiam dos animais isso é admissível

    Responda

  4. Pingback: Quais as diferenças entre seres humanos e animais? - Tudo Sobre Bichinhos

  5. Paulo

    Nada me revolta mais do que ver um animal maltratado.
    Devia haver leis severas contra, principalmente, o excesso de peso que carregam os equinos.
    E pior, muitas vezes os bichinhos estão com o lombo em carne viva.
    Isso me revolta. Chego a chorar.

    Seu blog contém tantas informações sobre os animais que merece ser lido por alunos e veterinários.
    Merecia ser patrocinado por uma entidade pública.
    Há muitas ONGs que ajudam.
    Veja isso.

    A Cris Martin poderá lhe dar informações sobre o assunto.
    Contate-a.

    Abraços,

    Lu

    Responda

    Paulo Teixeira Reply:

    @LuDiasBH, Obrigado, Lu. O “Tudo sobre bichinhos” ainda está começando. Dia 4 completa um mês. Há muito por fazer, mas aos poucos vamos enriquecendo as páginas com informações úteis para quem gosta dos animais. Além dos cachorros, quero colocar muita informação sobre gatos, aves e qualquer companheiro do reino animal, do qual fazemos parte.

    Apareça sempre,

    Paulo

    Responda

Deixe uma resposta

Name and email are required. Your email address will not be published.