5 Alimentos Que Seu Gato Não Deve Comer


Conheça 5 alimentos que seu gato não deve comer. Quem tem gato sabe a lição: gatos são muito sensíveis e podem passar mal ou até morrer por motivos aparentemente inofensivos. Alimentos e medicamentos, que poderiam causar uma ligeira indisposição em cachorros, podem matar um gato.

Recentemente fui adotado por uma gatinha. Xandoca se instalou no quintal e adorou a ampla caixa de transporte que transformou em lar. Quando não está comendo ou tomando sol,  com certeza está dormindo no interior aconchegante, forrado com muitas camisetas que não usava mais. Para ela, só forneço ração seca, específica para gatos, e Whiskas de vários sabores. Nada de correr riscos desnecessários.

5 alimentos que seu gato não deve comer

5 alimentos que seu gato não deve comer

  1. ALHO E CEBOLA – Alho pode ser dado em pequenas quantidades para cães, mas nem isso para gatos. São bastante tóxicos para os felinos por conter dissulfeto de alipropila e alicina, substâncias que destroem os glóbulos vermelhos e causam anemia. A cebola deve ser considerada um veneno para cães e gatos. O alimento é proibido para ambos, daí os riscos de dar restos de comida para nossos animais. Alho e cebola são ingredientes sempre usados no tempero da comida que consumimos.
  2. UVAS – Presente em todas as listas de alimentos proibidos, as uvas são venenos para cães e gatos. Seu consumo em excesso causa sérios problemas renais.
  3. LEITE – Os filhotes podem fazer uso do alimento até 45 dias de vida. Após esse período a lactase se torna inativa e a lactose não será digerida, causando diarreia. O iogurte, ao contrário, não faz mal e pode fazer parte da dieta do gatinho.
  4. CARNE COM GORDURA – É hábito comum em muitos lares, dar os restos da carne que está sendo limpa para os animais de estimação. Cães e gatos disputam os pedaços de carne com gordura que não servirão para o cardápio da família. A gordura em excesso faz mal a cães e gatos pois causa obesidade, problemas renais e circulatórios, além de provocar diarreia e vômitos.
  5. PEIXES COM ESPINHA – Uma vez socorri um gato de rua que ficou com uma espinha presa na garganta. Não conseguia comer nem beber. Estava apático e iria morrer. Descobri que, pouco antes, fora presenteado com uma sardinha crua. Corri com ele ao veterinário. Após ser examinado e anestesiado, a espinha foi retirada com o uso de uma pinça, sem necessidade de cirurgia. Sorte dele.

Espero que esta lista, que poderia ser bem maior, seja útil de alguma forma.  Xilitol, embutidos, chocolates, café, bebidas alcoólicas, repolho, rúcula, massa de pão e bolo, abacate, também são alimentos proibidos. Voltaremos ao assunto com mais dicas.

 

 
3.792 views

Deixe uma resposta

Name and email are required. Your email address will not be published.